O que é Blockchain?

O que é Blockchain?

O blockchain foi inventado por uma pessoa que usa o pseudônimo de Satoshi Nakamoto.

Consiste em uma lista crescente de registros, chamados blocos. Cada bloco contém o hash criptográfico de um bloco anterior, um carimbo de data/hora e dados da transação.

A beleza do blockchain é que cada bloco está vinculado entre si por propriedades criptográficas.

O Blockchain é:

  • Uma série de dados com registro de data e hora – Isso significa que cada dado possui um registro.
  • Um registro imutável ou não corrompível de dados – Isso significa que os dados no blockchain não podem ser alterados.
  • Gerenciado por um cluster de computadores – Isso significa que os dados no blockchain são gerenciados por milhões de computadores distribuídos em todo o mundo.

Um blockchain é, no mais simples dos termos, uma série de registros imutáveis de dados com registro de data e hora que são gerenciados por computadores que não pertencem a nenhuma entidade.

Cada um desses blocos de dados (block) são protegidos e ligados entre si usando princípios criptográficos (chain).

A rede blockchain não tem autoridade central – é a própria definição de um sistema democratizado.

Por ser um livro compartilhado e imutável, as informações estão abertas para que todos e todas possam ver. Portanto, tudo o que é construído sobre o blockchain é, por natureza, transparente e todos os envolvidos são responsáveis por suas ações.

Características

Um blockchain não impõe custo de transação, somente um custo de infraestrutura.

O blockchain é uma maneira simples, porém engenhosa, de passar informações de A para B de uma maneira totalmente automatizada e segura.

Uma parte de uma transação inicia o processo criando um bloco. Esse bloco é verificado por milhares, talvez milhões de computadores distribuídos pela rede.

O bloco verificado é adicionado a uma cadeia, que é armazenada na rede, criando não apenas um registro exclusivo, mas um registro exclusivo com um histórico exclusivo.

Falsificar um único registro significaria falsificar toda a cadeia em milhões de instâncias. Isso é praticamente impossível.

O Bitcoin usa esse modelo para transações monetárias, mas pode ser implantado para infinitos outros fins.

O blockchain não apenas pode transferir e armazenar dinheiro, mas também pode substituir todos os processos e modelos de negócios que dependem da cobrança de uma pequena taxa por uma transação. Ou qualquer outra transação entre duas partes.

O Blockchain possui:

  • Compartilhamento de dados. Todos na rede de milhões de computadores possuem as informações coletivamente. Não existe uma autoridade central – não há um local para armazenar os dados.
  • Informações que estão disponíveis para todo mundo ver – As informações no bloco são completamente transparentes.
  • Zero custo de transação. A transmissão de informações de A para B no blockchain não exige o pagamento de terceiros.


Por que o Blockchain é seguro?

O design da cadeia – o blockchain é uma cadeia criptográfica imutável e não pode ser corrompido.

Os dados dentro do blockchain não podem ser alterados sem passar pelo processo de verificação. A criptografia também protege os dados armazenados.

A arquitetura distribuída – o fato de não haver uma autoridade central que detenha todas as cópias de dados impede que todas as informações sejam comprometidas ao mesmo tempo. A menos que os hackers possam falsificar todos os milhares de milhões de registros de computadores, eles não serão capazes de falsificar essas informações com êxito.

Os dados no blockchain são de fato identificados por uma chave pública. Todos na rede podem ver todas as transações identificadas por essa chave pública. No entanto, nem todo mundo sabe quem possui essa chave pública.

Essencialmente, os dados são protegidos anonimamente por uma chave pública. Os dados são transparentes para todos na mesma rede.

Como o Blockchain pode mudar nossas vidas?

O verdadeiro hype do blockchain é que ele tem o potencial de revolucionar todas as nossas indústrias existentes. Estes são apenas alguns casos de uso do Blockchain, existem muitos mais.

Eliminar o intermediário – Devido ao fato de que unidades individuais de itens como música, livros, etc. podem ser equipadas com um código blockchain, esses objetos agora podem ser transmitidos de uma pessoa para outra sem custo de transação/intermediário.

Imagine se você puder comprar músicas diretamente do artista, sem custos adicionais com publicidade e distribuição.

Imagine se você puder transferir dinheiro sem ir ao banco. Em vez disso, você pode transmitir diretamente o dinheiro codificado em blockchain para a pessoa que está recebendo.

Proteção de propriedade intelectual – Contratos inteligentes, livros distribuídos que permitem a codificação de contratos simples que serão executados sob determinadas condições, podem automatizar a venda de obras sem nenhuma cópia ou redistribuição de arquivos (sem intermediários). Eliminando o risco de roubo de propriedade intelectual.

Gerenciamento de identidade – Os livros contábeis distribuídos podem armazenar todas as suas informações pessoais, incluindo documentos personalizados, etc., para garantir que haja uma extensa prova de sua identidade após o início de transações online.

Negociação financeiras – Blockchain permitirá a liquidação eficiente de instrumentos financeiros que eliminam a necessidade de câmaras de compensação e auditores.

Governo – A transparência nas eleições em todo o mundo é uma questão crescente, e se for usada a tecnologia blockchain, será possível tornar os resultados transparentes e totalmente acessíveis ao público. Isso pode se aplicar a qualquer organização em que as decisões precisem ser tomadas coletivamente.

A tecnologia Blockchain provavelmente mudará a maneira como vivemos nas próximas décadas. Ao entender o conceito, podemos antecipar as mudanças que isso trará em nossas vidas.